O Recife Assombrado será adaptado para o cinema
Preloader

Recife Assombrado, de Adriano Portela, inicia as gravações em novembro e coloca em cena histórias assustadoras do imaginário do Recife
Primeiro longa de terror pernambucano, o  filme Recife Assombrado, com direção de Adriano Portela, inicia as gravações nesta segunda-feira (06) e coloca em cena histórias assustadoras do imaginário urbano da capital do estado, uma cidade famosa pelo fantástico e sobrenatural. As cenas serão gravadas no Recife e em Bezerros, no Agreste do estado.
“Temos como referência os livros de Gilberto  Freyre , de Roberto Beltrão e de André Balaio. Mas precisávamos documentar esta história também no cinema. Fizemos uma pesquisa e percebemos que o público de Pernambuco tem interesse por suspense e, no entanto, temos pouca produção deste gênero por aqui”, analisa Adriano Portela, diretor de Recife Assombrado.
O longa conta a história de Hermano, que, diante do desaparecimento misterioso do irmão Vinícius, volta ao Recife depois de 20 anos. Neste processo, ele enfrenta problemas vinculados ao passado da família e descobre uma cidade que, ao anoitecer, fica assustadora. Em meio a busca pelo irmão, Hermano se depara com episódios esquisitos, nos quais surgem assombrações famosas na história recifense, como a Homem do Saco ou Papa-figo, a Velhinha da Caxangá, a Galega de Santo Amaro e lugares assombrados, como a Cruz do Patrão.
Pensado desde 2015, Recife Assombrado tem previsão de lançamento para 2019 e se colocará como opção no amplo mercado do audiovisual brasileiro. “Além da questão artística, nós pensamos também a parte comercial da obra. Então, a gente  pensa o filme para ser exibido nos cinemas de shopping e fora do Recife. Essa escolha tem impacto no roteiro, na escolha do elenco, da equipe e entre outras coisas”, explicou Ulisses Brandão, produtor executivo e roteirista do filme.  
O elenco é formado por Daniel Rocha, protagonista da obra com passagens em novelas da Rede Globo, como Avenida Brasil; Pedro Malta, ator com passagem também na Rede Globo (Coração do Estudante) e TV Record (A prova do amor); Marcio Fecher, pernambucano que atuou na série de terror Supermax, da Rede Globo; Raísa Batista, com atuação no cinema com S.O.S Mulheres ao mar e na televisão com Verdades Secretas; Raiza Alcântara, pernambucana que estreou na TV vivendo Isabela, na novela Velho Chico, da Rede Globo,  e Germano Haiut, veterano do cinema com brilhante atuação nos filmes O ano em que meus pais saíram de férias, Baile Perfumado e Quincas Berro d’água.
Comunicadores locais fazem participação especial no longa, como o apresentador da TV Jornal/SBT  Ciro Bezerra, a humorista Vanessa Porto  e o repórter da TV Clube/Record Jota Júnior.
O roteiro é de Ulisses Brandão, jornalista pernambucano premiado por trabalhos como “Gonzagão” (Prêmio Cristina Tavares de Jornalismo – 2012), e Bruno Antônio, roteirista da Viu Cine e criador do canal de terror no Youtube Segredos Malditos, em parceria com André Balaio e Roberto Beltrão, do site O Recife Assombrado, trabalho de grande relevância para a origem deste filme.
Recife Assombrado é uma produção da Viu Cine, produtora pernambucana especializada em animação e que agora estreia com o seu primeiro longa-metragem. O filme é financiado pela Ancine( uma das três produções contempladas pelo edital no Nordeste), por meio do Banco Regional do Extremo Sul, com apoio da Prefeitura do Recife. A distribuição será pela Inquieta Cine.
RECIFE ASSOMBRADO – O FILME
Direção: Adriano Portela 
Roteiro: Ulisses Brandão e Bruno Antônio, com colaboração de André Balaio e Roberto Beltrã
Produtores-executivos: Ulisses Brandão e Gustavo Correia 
Fotografia: Oto Cartaxo, Marcos França e Jeorge Pereira. 


ANDRIANO PORTELA, diretor de Recife Assombrado – o filme.
Jornalista, diretor de cinema, roteirista e diretor de oito curtas, vários deles premiados em festivais de cinema, com destaque para Prenúncio, único curta do nordeste selecionado para mostra de cinema Fantástico (CineFantasy) de SP, e Reverso, primeiro lugar no festival Agora Curta, da Rede Globo Nordeste. Portela tambéé autor do romance “A última volta do ponteiro”, contemplado no prêmio internacional José de Alencar, pela UBE/RJ. Leciona cinema e publicidade em universidades particulares e em projetos sociais. Editor do portal de Cultura www.parlatorio.com. Ele tambéé mestre em Teoria da Literatura pela UFPE, onde defendeu a obra de Osman Lins adaptada para a TV.

About the Author

Calvo, Nerd, com sérios problemas mentais e psicológicos. Aceita um café?

%d blogueiros gostam disto: