"Goblin é o dorama de fantasia mais viciante do ano"
Preloader

Antes de tudo, o que é “dorama”?

É a definição do gênero série de televisão oriental/asiática. Você curte animes e mangás? Pois poderá encontrá-los adaptados nesta forma. No gênero temos o J-Drama (japonês), o K-Drama (coreano), o TW-Drama (taiwanês) e o C-Drama (Chinês).

Os episódios variam de 20 a 24, alguns podem chegar a 50 á 90 minutos. Há os minidramas também, com episódios que variam de 3, 10 e 16. As durações variam de 15/20 à 60 minutos.

Eu sou uma viciada convicta deste gênero, tendo preferência ao drama Coreano que, por mais que tenham muitos clichês, os enredos deles são um tapa na cara. VOCÊ NUNCA CONSEGUIRÁ ACERTAR O FINAL, ACEITE.

Então, vamos ao que interessa?

“Goblin: The Lonely and Great God” teve sua estreia no dia 02 de dezembro de 2016 e terminou nessa semana, e claro que temos vários sites e “fansubs” que legendam e disponibilizam tanto para baixar quanto online internet a fora.

O dorama traz a história de Kim Shin (Gong Yoo, recentemente em Invasão Zumbi), ele fora traído pelo manipulado rei, tendo sua família e amigos mortos, e acaba morrendo pela sua própria espada.

Segundo lendas, quando se é morto pelo mesmo objeto que ceifara muitas vidas, Deus condena o mesmo a viver como um ser imortal, sem nunca se esquecer de seu passado.

Sendo assim, Kim Shin vive sua imortalidade de forma solitária, com a espada atravessando-o ao meio.

Mais de 900 anos se passam e Ji Eun Tak (Kim Go Eun), uma estudante do ensino médio que tem uma vida dolorosa e solitária, acaba por fazer um pedido para que sua vida mude e, ao assoprar as velas, eis que o Goblin aparece. Nem Kim Shin sabe o motivo de aparecer para a moça, mas logo algo mais interessante acontece, pois Ji Eun Tak consegue ver espíritos e estes dizem que a mesma é a noiva do Goblin.

Desse modo, Kim Shin acha que finalmente há alguém capaz de tirar a espada para que ele descanse, porém, ao decorrer em que ele conhece mais a Ji Eun Tak, o Goblin se descobre em uma dúvida cruel: pedir que ela lhe tire a espada para que ele descanse dessa vida de agonia ou continuar um ser imortal e ficar com sua amada.

 

Paralelo a isso, temos um ceifador que acaba cruzando com Kim Shin. Na realidade, acabam por morar juntos. O Anjo da Morte não se lembra de sua vida passada, apenas sabe que para se tornar um ceifeiro, a pessoa tem que cometer um grande pecado. Ele acaba se apaixonando pela Sunny (Yoo In Na), e dessa paixão começa a surgir dúvidas sobre si próprio, pois nem de seu próprio nome ele lembra.

Unindo fantasia, sobrenatural e realidade em 16 episódios ( e um especial), Goblin: The Lonely and Great God é um dorama que fala sobre a vida e a morte, além de toda a beleza e a tristeza que a envolve. O sucesso do mesmo é tanto que a tvN, emissora que transmite a série, disponibilizará em fevereiro dois episódios especiais de bastidores e erros de gravação.

A fotografia do drama é um caso à parte, rica em cores e detalhes. Principalmente nas cenas gravadas no Quebec, Canadá.

Goblin é dirigido por Lee Eung Bok e escrito pela roteirista Kim Eun Sook, essa dupla é a mesma por trás do megassucesso Descendants of the Sun (tem na Netflix).

 

A OST (definição para trilha sonora) do drama é fantástica, unindo a língua inglesa e a coreana em melodias dançantes, misteriosas ou de sofrência pura. Além disso, suas traduções complementam o enredo que nos é mostrado. As músicas que mais me acompanham no momento e que merecem serem ouvidas vezes em conta são: Stay With Me, Beautiful, Who are you e a mais viciante de todas, Round and Round.

 

A Netflix tem alguns doramas disponibilizados em seu serviço de streaming, há até originais da mesma, então fica a dica para quem adora esse serviço.

Goblin é simplesmente o melhor drama de fantasia que assisti e já adianto que o considero o melhor dorama de 2017. Tudo o que tenho a falar é ASSISTAM ESSA BELEZA.

 

Revisado por: Raquel Moscardini

About the Author

Licenciada em Letras, é tradutora, copidesque, revisora e colaboradora da área de livros do Oracullo. Viciada em Netflix, doramas e livros.

%d blogueiros gostam disto: