Diretor de Esquadrão Suicida demonstra arrependimentos em relação ao filme
Preloader

O diretor de Esquadrão Suicida, David Ayer, publicou em seu Twitter alguns arrependimentos em relação ao longa. De acordo com as postagens o Coringa de Jared Leto deveria ter sido o vilão principal do filme.

Ayer disse que tentou fazer com que o filme tivesse algo de diferente, mas entende que Esquadrão tenha suas falhas.

Nada dói mais do que abrir um jornal e ver alguns anos de sangue, suor e lágrimas ser despedaçado. O ódio é forte por aí,” publicou em uma resposta longa à um fã.

Mesmo sendo bem-sucedido comercialmente, Esquadrão Suicida recebeu duras críticas quanto ao roteiro e às aparições do Coringa que foram pouco aproveitadas. O próprio ator Jared Leto desabafou logo após a estreia estar chateado, pois esperava que seu personagem tivesse mais influência no filme.

Arrependido, o diretor ainda comentou na postagem que gostaria de voltar no tempo e fazer diferente.

“Gostaria de ter uma máquina do tempo. Eu faria do Coringa o vilão principal e trabalharia em uma história mais pé no chão. Preciso aprender o que foi bom e o que foi ruim. Adoro fazer filmes e adoro a DC. Larguei os estudos no Ensino Médio e pintava casas para viver. Tenho sorte de ter o trabalho que tenho. Preciso dar aos personagens as histórias e tramas que eles merecem da próxima vez. De verdade. (E não, não existe nenhuma edição secreta do filme com cenas deletadas do Coringa por aí),” concluiu.

Revisado por: Bruna Vieira.

About the Author

Jornalista apaixonada pelo mundo do entretenimento. Apaixonada pelas coisas boas da vida além de filmes, séries e cultura nerd, ainda não entendeu por quê não escolheu cursar Cinema na faculdade.